(21) 2112-0551
(21)2751-3401
Rádio: 7716-6367 ID 98*85796
Cel: 9873-9911

Isopor para Construção Civil – RJ


  Lã de Rocha

la-de-rocha
* A Lã de Rocha é a lã mineral com A MELHOR RELAÇÃO CUSTO BENEFÍCIO;

* A Lã de Rocha suporta temperaturas mais elevadas de até 750ºC e possui grande resistência à ação do fogo, podendo assim também ser destinada à proteção passiva contra incêndio em estruturas metálicas, selagem corta fogo de shafts;

* Baixa condutividade térmica, ou seja, excelente isolante térmico;

* Muito utilizada no isolamento acústico;

* É inerte, leve e de fácil manuseio.
Lã de Vidro

la de vidro

A lã de vidro, por suas propriedades físicas e químicas, é um dos mais tradicionais isolantes térmicos e acústicos. Na construção civil é utilizada principalmente em forros, dutos de ar condicionado, telhados.

CARACTERÍSTICAS:

* É leve e fácil de cortar e instalar;
* Suporta temperaturas elevadas;
* Quimicamente inerte;
* Redução Sonora e de Ruídos.
Espuma

Acústica/SONEX


vermiculita

O tratamento acústico através de absorção sonora é indicado para ambientes onde os níveis de ruído geram situações de stress entre as pessoas ou que interfiram na comunicação.

Pode ser utilizado em escritórios, centrais de telemarketing, áreas de logística, auditórios, salas de treinamento, home theaters, restaurantes, igrejas, lojas, salas de máquinas, cabines de som, ônibus, embarcações, áreas industriais e outros locais que necessitem de redução de ruídos e conforto acústico.

Poliuretano

poliuretano
Pode ser comercializado já em forma de espuma rígida expandida em variadas formas ou em seus componentes líquidos A e B para mistura e injeção nos locais desejados, tais como tanques de água gelada, cavernas de embarcações, isolamentos de tubulações, assim também como para jateamento (spray).

Alto poder isolante térmico resulta da sua baixa densidade e da sua estrutura de células pequenas e fechadas, cheias com gás expansor com baixíssima condutividade térmica.

* Calhas e segmentos para tubulações e tanques.
* Como núcleo isolante em painéis, portas e balcões frigoríficos.


Painéis isotérmicos modulares

painel-modular
* Painéis sob medida, sem perdas, com a melhor relação custo/benefício;

* Disponíveis em todas as espessuras;

* Painéis face-única para revestimento interno;

* Núcleo isolante em EPS (Isopor) ou PU (Poliuretano);

* Revestidos com chapa frisada pré-pintada, galvalume ou inox.
Portas Frigoríficas

portas-frigorificas

* Tipo sobrepor, giratória ou corrediça;

* Núcleo isolante em EPS (Isopor) ou PU (poliuretano);

* Revestidas em chapa pré-pintada, galvalume ou inox;

* Portas para resfriados e congelados nas espessuras de 80 e 100 mm;

* As dobradiças são dotadas de compensação automática e rampa de elevação em nylon, que evitam atrito entre as partes metálicas;

* Entrega rápida principalmente para Porta Padrão 1900 x 900 mm núcleo em EPS (isopor) 80 mm e chapa pré-pintada.
Telhas isotérmicas

telhas-termicas

Muito conhecida no mercado por TELHA SANDUÍCHE, é uma excelente solução para reduzir o calor nos ambientes.

* Conforme o desenho solicitado;

* Sob medida;

* Núcleo isolante em EPS (isopor) na espessura especificada;

* Telha-Telha ou Telha Forro;

* Em aço galvalume, pré-pintada ou alumínio.



Borracha Elastomérica

espuma elastomerica

Espuma de borracha sintética elastomérica de fácil e rápida aplicação e muito utilizada nos sistemas de climatização, no isolamento principalmente de tubos de água gelada.


* Bom coeficiente de condutibilidade térmica (em torno de 0,035w(MK)

* Boa resistência à difusão do vapor da água

* Boa permeabilidade ao vapor da água

* Material flexível podendo ser facilmente cortado

* Resistente ao fogo




Não deve ser confundida com espuma de polietileno expandido (espuma plástica de cor cinza) que tem características muito inferiores.

A espessura do isolamento térmico deve ser bem dimensionada, levando-se em conta as características técnicas do isolante e também as condições de temperatura, pressão e umidade relativa do ar a fim de evitar problemas de condensação que acarretam baixa eficiência, elevado custo de manutenção, alto gasto de energia, baixa vida útil dos equipamentos e gotejamentos que causam infiltrações, danos, etc...